Estagiários

5 passos para ser efetivado no estágio

Chega um momento da vida em que precisamos decidir nosso rumo. Pensar, refletir e fazer escolhas que impactem no futuro e na carreira que queremos seguir.

Durante o ensino médio ou logo nos primeiros anos da universidade, descobrimos que existe uma forma de ampliar nosso conhecimento, conseguir dinheiro e ainda garantir um ótimo currículo para o futuro: o estágio.

Nesse tipo de atividade, adquirimos experiência e entramos em um universo cheio de descobertas, responsabilidades e muita satisfação.

Mas muito além disso, é durante o primeiro estágio que agarramos nossa grande chance no mercado de trabalho, e é lógico que não queremos desperdiçá-la. Para isso, precisamos aproveitar ao máximo tudo o que nos é oferecido e transformar os aprendizados em pontos positivos para a nossa carreira.

E depois que já estamos estagiando, a gente se dá conta de que, para concretizar a vida profissional, é necessária uma efetivação. Ou seja, precisamos entrar de vez no mercado corporativo para, a partir daí, crescer sempre mais.

Mas é claro que não é do dia para a noite que isso acontece, entretanto, existem algumas técnicas e atitudes que podem ajudar muito no processo.

Você está passando por esse momento de focar no desempenho e ser efetivado no estágio? Então fique ligado que preparamos 5 passos para o seu sonho se concretizar. Dê uma olhada!

1. Entregue-se ao seu trabalho

Vamos começar com o mais intenso. Apesar de ser um estágio e você ter sido recrutado para aprender, faça tudo com máxima dedicação.

Vivencie os valores da sua empresa e expresse isso para os seus amigos e familiares. Acredite no que você faz e carregue isso como filosofia de trabalho. Assim, será muito mais fácil encarar os desafios e superá-los.

2. Observe, questione, tenha interesse

Aproveite o ambiente em que você está para conhecer mais sobre as funções desempenhadas na empresa e observar como os seus colegas desempenham as atividades do dia a dia.

Além disso, questione outros colaboradores para adquirir aprendizado. Todas essas ações mostram o seu interesse na empresa, o que é essencial para que você seja visto como um potencial efetivo.

3. Aplique e arrisque, mas não deixe a humildade de lado

Depois de observar, aplique o que você aprendeu com os colegas e assuma responsabilidades para inovar. Trazer para si tarefas que vão além da sua obrigação mostra a sua capacidade.

Só não deixe de fazer tudo com humildade, afinal, você pode errar e está na empresa para aprender.

4. Administre seu tempo

Além de cumprir as tarefas no tempo determinado, seja organizado em todos os aspectos. É muito importante apresentar maturidade com os compromissos e com a vida.

Mostrando uma boa organização, tanto pessoal quanto profissional, você passa uma imagem de credibilidade, um ponto essencial para que a efetivação seja uma realidade.

5. Busque conselhos e feedback

Esteja sempre próximo do seu chefe, buscando conselhos e retornos sobre o seu desempenho. Quando o feedback for negativo, não desista.

Mostre maturidade, assuma os erros e trabalhe para melhorá-los. A intenção de ser cada vez mais produtivo e estar próximo dos seus superiores é indispensável.

Pronto, seguindo esses conselhos e desempenhando boas atividades, com certeza a sua contratação efetiva será levada em conta pelo seu chefe e você poderá alavancar na vida bem cedo. Incrível, não é mesmo?

Anote tudo e desenvolva suas habilidades para crescer. Por fim, não se esqueça de usar todas as experiências conquistadas para investir no seu marketing pessoal e continuar avançando na sua carreira.

Gostou das dicas? Então compartilhe este post com seus amigos nas redes sociais e mostre como dominar o mercado sendo efetivado no estágio!

 

Sobre o autor

Marcelo Braga

Marcelo Braga

Fundador e Diretor Executivo da REACHR. Headhunter desde 2000 (Sócio Fundador da SEARCH, Ex-Sócio Sênior da FESA e Ex-Consultor Michael Page). Anteriormente na indústria automotiva (General Motors e Plascar). Engenheiro Químico – Unicamp e Pós-graduado em Administração de Empresa pela FGV.

Deixar comentário.

Navegação