1040729532643051
RH

4 processos de recrutamento e seleção de empresas de sucesso!

Uma entrevista certeira é fundamental para que um talento seja encontrado. Grandes empresas, em busca dos melhores profissionais do mercado, realizam processos de recrutamento e seleção inovadores e criativos, e atraem candidatos tão brilhantes quanto as próprias seleções.

As inovações são diversas, vão desde métodos novos e últimas tecnologias, até perguntas que fogem do senso comum e, ao mesmo tempo em que intrigam, despertam o que há de melhor em cada talento. Tais ferramentas reduzem custos e tornam as seleções mais ágeis e certeiras.

Como inovar nos processos de recrutamento e seleção?

Vale tudo: aplicativos, maratonas de hackers, ferramentas da web, redes sociais. Não há fórmula pronta, afinal como muitos recrutadores dizem, seleção não é uma ciência, e sim uma arte. O principal é refletir, desde o processo seletivo qual o perfil e a cultura organizacional, e descobrir qual ou quais profissionais mais combinam com ela.

Que empresas de sucesso inovaram em seus processos de recrutamento e seleção?

 

Magazine Luiza

A grande rede varejista inovou seu recrutamento realizando-o por meio do portal de carreiras VAGAS Redes que permite reduzir o tempo de seleção, centralizar informações e padronizar os processos de cargos mais frequentes.

A marca que possui 780 lojas e mais de 20 mil colaboradores encontrou na ferramenta, pioneira e personalizada um caminho para agilizar seus processos seletivos. Com ela, em apenas 2 cliques um gestor cria uma nova oportunidade e, tanto candidato quanto selecionador, conseguem navegar com facilidade.

Google

A gigante da tecnologia optou por uma ferramenta interna chamada qDroid para realizar o seu processo seletivo. Ela busca prever como será o desempenho do candidato quando ingressar na empresa, checa os atributos e testa comportamentos por meio de perguntas padronizadas.

As questões em si não deixam de ser genéricas, porém induzem a respostas brilhantes e convincentes. Quem as formula, certamente dá passos em direção ao Google.

Heineken

A cervejaria promoveu um inusitado processo de recrutamento e seleção de estagiários. Os jovens foram colocados frente a adversidades como o entrevistador passar mal, o alarme de incêndio tocar ou ser levado pela mão para conhecer todo o escritório e suas reações foram testadas.

Os finalistas apresentaram pró-atividade, atitude e liderança. O processo foi filmado e os colaboradores escolheram o melhor candidato entre eles.

CI&T

A especialista global em soluções digitais realiza hackatons, maratonas de desenvolvimento de software, para encontrar seus talentos. O processo não escolhe quem resolveu o desafio primeiro, mas avalia diversos critérios como conhecimento técnico, trabalho em equipe, comunicação e raciocínio lógico.

Antes, quando a seleção era apenas uma entrevista, não ocorria essa sinergia entre candidato e a cultura organizacional da CI&T. Hoje é muito diferente, afirma a gerente de engajamento e contratações da companhia, Marília Honório.

Enfim, encontrar o candidato ideal para a vaga em questão é muito mais do que efetivar o recrutamento, é reduzir o turn over, contribuir para a motivação e engajamento dos novos colaboradores e auxiliar as equipes e a empresa a alcançarem resultados extraordinários. Por isso, inovar nos processos de seleção é tão importante.

E a sua empresa, está preparada para inovar nos processos de recrutamento? Deixe sua opinião nos comentários e enriqueça a discussão!

 

Sobre o autor

Marcelo Braga

Marcelo Braga

Fundador e Diretor Executivo da REACHR. Headhunter desde 2000 (Sócio Fundador da SEARCH, Ex-Sócio Sênior da FESA e Ex-Consultor Michael Page). Anteriormente na indústria automotiva (General Motors e Plascar). Engenheiro Químico – Unicamp e Pós-graduado em Administração de Empresa pela FGV.

Deixar comentário.

error: Content is protected !!
Navegação