RH

RH ou Gestão de Pessoas? Entenda a diferença e mude o jogo

RH e Gestão de Pessoas

Por muito tempo, as empresas estiveram acostumadas com a relação de “empregados” e “chefes”. Com a evolução da sociedade e a chegada de novas gerações, isso mudou. O papel do RH e gestão de pessoas se tornou cada vez mais necessário, já que o capital humano é o que diferencia uma organização das outras.

Somado a isso está o fato de que o capitalismo consciente vem imprimindo desafios em todos os setores. A economia colaborativa é um exemplo, fazendo com que os clientes consumam de maneira responsável e com maior tempo de consideração antes de decidir. Agora, as empresas precisam apresentar propósito e valor, mais do que bons produtos.

Um fator que pode comprometer os resultados é a confusão muito comum entre o que é o RH e o que é a gestão de pessoas. Quer mudar o jogo? Então veja qual é a diferença entre o Rh e gestão de pessoas!

O que caracteriza o RH?

O setor de RH já não é como antigamente. Antes, ele assumia uma função meramente administrativa e mecânica. Responsável por recrutamento, demissão e folha de pagamento, tratava-se de um apoio à organização, mas com pouca aplicação prática e quase nenhum direcionamento estratégico.

Hoje, as coisas mudaram. O RH vai muito além de tarefas desse tipo e inclui uma percepção ampla sobre a realidade dos colaboradores e as necessidades do empreendimento. Passa a ser missão do RH elaborar e fazer a manutenção de uma cultura saudável, menos hierarquizada e horizontal, dentro do possível.

O respeito a todos os stakeholders e aos envolvidos em geral também é um mote de atuação, assim como a elaboração e oferta de feedbacks. A realização de pesquisas de clima organizacional, por exemplo, contribui para criar um ambiente motivador.

Assim, o RH fica responsável por elaborar essas práticas e ajudar em sua manutenção, fazendo com que elas sejam sempre adequadas para as necessidades e objetivos organizacionais.

O que caracteriza a gestão de pessoas?

A gestão de pessoas, por sua vez, tem a ver com o desenvolvimento dos colaboradores e de suas competências em geral. Essa gestão busca a melhoria e otimização de habilidades e capacidades, inclusive no âmbito pessoal.

É uma forma de guiar os profissionais para voos maiores em suas carreiras, driblando os desafios e dores como a baixa qualificação, perda de competitividade no mercado e falta de planejamento em suas decisões.

O objetivo não é ter um número no quadro de colaboradores, mas, sim, incentivar, capacitar e melhorar. Isso forma líderes completamente alinhados às necessidades e à visão da empresa, além de diminuir a taxa de rotatividade.

Por que é importante reconhecer as diferenças entre RH e gestão de pessoas?

É muito comum que as empresas confundam os dois termos e é exatamente isso que compromete os resultados. O motivo é simples: o papel da gestão de pessoas não é função do RH e, sim, do gestor.

Mais do que isso, desenvolver talentos e ampliar habilidades é uma tarefa que não está restrita ao profissional de RH, mas a todos os líderes de uma organização.

O RH tem, sim, papel fundamental no mapeamento de competências, identificação de necessidades e levantamentos com técnicas específicas. Porém, não é o profissional dessa área que tem gerência direta em relação ao colaborador, portanto, não é de sua responsabilidade motivá-lo e capacitá-lo.

Não reconhecer essas diferenças coloca, nos ombros do setor, uma responsabilidade que não lhe cabe, prevenindo a obtenção de resultados satisfatórios.

Já que essa confusão entre RH e gestão de pessoas é tão comum, é muito provável que alguns de seus contatos também não saibam a diferença. Compartilhe esse post em suas redes sociais e ajude mais gente a ficar sabendo sobre o tema!

Sobre o autor

Marcelo Braga

Marcelo Braga

Fundador e Diretor Executivo da REACHR. Headhunter desde 2000 (Sócio Fundador da SEARCH, Ex-Sócio Sênior da FESA e Ex-Consultor Michael Page). Anteriormente na indústria automotiva (General Motors e Plascar). Engenheiro Químico – Unicamp e Pós-graduado em Administração de Empresa pela FGV.

3 comentários

Deixar comentário.

error: Content is protected !!
Navegação