1040729532643051
RH

Qual a importância do RH no processo de recrutamento?

Foi-se o tempo em que a importância do RH na hora de recrutar se resumia a coletar cópias de documentos, fotos 3×4 e carteira de trabalho.

Especialmente nos momentos de crise, em que a mão de obra qualificada se torna cada vez mais escassa e a procura por emprego aumenta, o setor de Recursos Humanos tem tomado um papel cada vez mais estratégico.

Isso porque as melhores organizações querem contar com os melhores profissionais, e não há nenhum departamento mais indicado do que o de Recursos Humanos para garantir que eles sejam efetivamente contratados — e retidos.

Neste post, você vai ficar por dentro de alguns pontos que comprovam a importância do RH na hora do recrutamento. Confira a seguir.

1. Alinhamento de valores

O alinhamento de valores entre a empresa e o contratado é uma tendência que vem sendo cada vez mais priorizada nos processos de seleção e contratação.

O profissional de RH é capacitado para identificar se os valores do candidato em questão realmente batem com os da empresa, o que normalmente é chamado de “culture fit”, reduzindo as chances de que o contratado venha a ser demitido ou pedir demissão por se sentir “deslocado” dentro da organização.

2. Visão estratégica

Se quiser ser visto — e respeitado — pelos demais departamentos da organização como um setor que vai além de questões burocráticas e da infame frase “passe lá no RH”, os Recursos Humanos precisam assumir uma posição estratégica.

Não esperar que os gestores demandem profissionais (ou indiquem, o que é pior, pois praticamente anula a função do RH), mas agir proativamente e procurar no mercado aqueles nomes que vão fazer diferença no time como um todo.

3. Transmitir confiança     

Dois grandes desafios enfrentados diariamente pelos profissionais de RH: ganhar a confiança tanto do dono da empresa quanto do contratado. Afinal, quem é que tem a palavra final?

Essa parece ser a pergunta que assombra todo RH. No entanto, mais do que obstáculo, essa pergunta deve servir de incentivo para que o RH conquiste a confiança do contratado com informações transparentes sobre salário, carga horária, demandas, etc, e, ao mesmo tempo, saiba defender seus argumentos perante o dono da empresa — principalmente nos casos em que for contra a contratação de uma indicação dele.   

Mas o papel do RH não termina assim que o candidato assina os termos de contrato com a empresa. Pelo contrário. Está apenas começando.

Cabe ao RH acompanhar, através de uma gestão de dados eficiente, se o recém-contratado está recebendo o treinamento conforme programado, se está devidamente orientado em relação às questões burocráticas, se está batendo o ponto, etc.

Além disso, é dever do RH buscar o feedback dos gestores sobre o contratado no período de experiência, para que, caso haja algum problema, os Recursos Humanos possam intervir a tempo e orientar o funcionário a fim de evitar uma demissão precoce e, consequentemente, uma alta na rotatividade (turnover) da equipe — um índice que compromete tanto a produtividade quanto o caixa da empresa.

Como você pode perceber, se todas as empresas se dessem conta da importância do RH na hora do recrutamento, possivelmente teriam mais competitividade no mercado.

Por outro lado, já está mais do que na hora de o RH assumir seu papel de vanguarda nas corporações do mundo atual como um setor estratégico que gerencia não apenas pessoas, mas as pessoas mais indicadas — e capacitadas — de acordo com os objetivos de negócio em dado momento da empresa.     

E você, o que acha? Deixe seu comentário!

Sobre o autor

Marcelo Braga

Marcelo Braga

Fundador e Diretor Executivo da REACHR. Headhunter desde 2000 (Sócio Fundador da SEARCH, Ex-Sócio Sênior da FESA e Ex-Consultor Michael Page). Anteriormente na indústria automotiva (General Motors e Plascar). Engenheiro Químico – Unicamp e Pós-graduado em Administração de Empresa pela FGV.

6 comentários

    • Ana Clara boa noite,deixo te falar eu participei de uma entrevista de emprego e eles na hora da entrevista anotaram o número do meu PIS e também o registro da carteira,o que significa isso?por favor me ajuda. Como vc é estudante de RH vc deve entender.Obrigada.

      • Olá Bom dia!
        O Governo Federal estabeleceu o Programa e-social. Neste programa as empresas não podem contratar sem ter estas informações do PIS e carteira de trabalho. O programa entrou em vigor em janeiro deste ano para algumas empresas e será implementado para todas ao longo dos próximos anos. é importante se acostumar ao processo, pois se tornará parte de qualquer processo seletivo.
        Att. Marcelo Braga

  • Em Porto Alegre quais empresas de recrutamento existem?
    Estou desempregada a 4 meses.
    Envio meu currículo para análise e não consigo retorno positivo.

    • Olá Liege, tudo bem?
      Você jpa deve ter ouvido em algum momento a frase “Procurar trabalho dá trabalho”. Esta é uma realidade. Quando olhamos ao redor e vemos 12 milhoes de desempregado torna-se ainda mais árduo este trabalho.
      Não sei exatamente te dizer quantas consultorias de R&S existem em Porto Alegre. Mas sem dúvida são mais do que 100. Mas focar somente nas consultorias é uma ação muito pequena. Você sabia que somente entre 30 e 40% das vagas são preenchidas por consultorias? As demais estão diretamente nas mãos das empresas. Muito importante você buscar uma forma de levar seu CV para estas empresas. Mapeie as empresas que gostaria de trabalhar, os setores de empresa que poderia trabalhar. Avalie quais empresas empregam profissionais com a sua experiência profissional. E não se esqueça de buscar aprovimação com as pessoas que contratam profissionais como você, de se aproximar de colegas que tem a mesma atividade. eles podem ser uma otima fonte de indicação. e tão importante, avalie se seu CV está bem escrito, se retrata a profissional que você é. E por fim, o CV é um retrato do passado. O que você está fazendo para reforçá-lo para o futuro? Não se esqueça de buscar seu desenvolvimento constantemente. Há diversos cursos gratuitos na internet.
      Desejo sucesso nesta jornada de busca do seu novo emprego. E quando alcançá-lo. Valorize-o, dedique-se, agradeça a oportunidade e tenha muito sucesso.
      Um abraço, Marcelo

Deixar comentário.

Navegação