RH

Gestão de RH: 7 dicas para atrair os melhores candidatos

As empresas estão sendo pressionadas para adotar um novo modelo de gestão de RH, cujo objetivo é manter-se à frente das suas concorrentes. Por trás dessa pressão, está o fato de que as organizações que afastam talentos e ainda mantêm chefes no lugar de líderes estão com baixa expectativa de vida no mercado.

Esse cenário provoca mudanças no modo como as empresas se apresentam para o mercado de trabalho. Por isso, é cada vez maior e mais complexo o processo de atrair os melhores candidatos para as vagas de trabalho que estão disponíveis. Atualmente, o sucesso da maioria das empresas reflete a capacidade do seu capital intelectual.

Continue a leitura e saiba, por meio de 7 dicas, como atrair os melhores candidatos.

1. Promova os valores da empresa
Começamos a nossa relação de dicas com um ponto crucial na jornada para atrair os melhores candidatos para a sua empresa: a promoção de valores. O modo com a organização é vista pesa na decisão dos profissionais sobre trabalhar ou não ali. Sendo assim, promova os valores para que ela seja vista da maneira correta.

Uma empresa que deseja ser vista pelo mercado como jovem, inovadora e moderna, precisa alinhar o próprio discurso à prática. Isso significa, na prática, que ter um ambiente de trabalho tradicional, processos morosos e comunicação vertical, não condizem com a forma como ela se vende para os trabalhadores.

2. Batalhe por uma boa reputação
O modo como a empresa trata os seus funcionários também impacta na forma como ela é vista pelos candidatos às vagas de emprego. Cada área de trabalho, por mais ampla que seja, tem redes de contato que, em algum momento, cruzam-se. Por isso, antes de enviar o currículo ou aceitar uma proposta de emprego, o candidato pode pedir uma recomendação.

Pode não soar ético, mas os trabalhadores que estão insatisfeitos com as empresas onde trabalham não as recomendam para os seus amigos e colegas de profissão. Isso ocorre porque eles têm receio de os candidatos passarem pela mesma experiência ruim que eles. Sendo assim, batalhe pela boa reputação da sua empresa no mercado.

3. Desenvolva os talentos da sua empresa
O recrutamento de profissionais é semelhante à prospecção de clientes para uma loja, marca ou serviço. De nada adianta apostar somente na proposta que é feita, pois, quando ele for contratado, se deparará com todos os problemas que, durante o recrutamento, foram omitidos. A mudança começa de dentro para fora.

Os talentos que já fazem parte do seu quadro de funcionários precisam ser desenvolvidos, pois eles também servirão de chamariz para atrair os melhores candidatos às vagas disponíveis. Ofereça treinamentos e cursos de capacitação para que eles se desenvolvam e possam crescer profissionalmente, transformando isso em uma referência no mercado.


4. Invista em um bom clima organizacional
O ambiente de trabalho não deve receber apenas um banho de loja para ter a sua aparência melhorada. Além de investir em conforto, boa iluminação e ambientação, ele necessita de uma mudança mais profunda, precisamente no clima organizacional. Nenhum grande talento sobrevive em meio a um ambiente tóxico.

Nas empresas onde os processos são mal definidos, existe assédio moral, chefes ocupam os lugares de líderes, não há gestão de pessoas e os funcionários estão desmotivados — ou seja, o clima é insustentável e as rodas de fofocas e especulações se multiplicam, afetando negativamente o trabalhador que acabou de chegar e está disposto a brilhar.

5. Ofereça benefícios realmente vantajosos
Os melhores candidatos também são atraídos pela remuneração e benefícios oferecidos. Não entraremos no aspecto referente ao salário, mas precisamos conversar sobre os benefícios de que a sua empresa dispõe. Eles são realmente vantajosos? Os funcionários estão contentes com eles?

É muito complicado vender, por exemplo, o vale-refeição como benefício e, na prática, o valor dele ser muito abaixo da média praticada no mercado e, principalmente, na região onde fica a sede da empresa. Por isso, faça uma avaliação dos benefícios oferecidos e certifique-se de que eles podem ser considerados como diferenciais.

6. Busque os perfis compatíveis
O recrutamento também é outro recurso usado para atrair os melhores candidatos. Nesse processo, a área de Recursos Humanos pode trabalhar por conta própria ou contratar uma consultoria especializada em caçar talentos para identificar os perfis profissionais que são compatíveis com a empresa.

A Reachr, por exemplo, é uma plataforma de recrutamento que foi criada a partir da experiência dos headhunters responsáveis pela Search, uma empresa com mais de 10 anos de atuação na área de recursos humanos. Ao usar as ferramentas certas, você consegue aproximar os profissionais mais adequados das vagas disponíveis.

A organização que deseja atrair talentos não pode simplesmente divulgar as suas vagas e esperar que os candidatos apareçam. Os bons profissionais são seguidos de perto pelas empresas da área que atuam, inclusive as especializadas em recrutamento. Por isso, eles recebem propostas com uma frequência relativamente alta.

7. Fique de olhos nas entrevistas e avaliações
Por mais que a gestão de RH se esforce para encontrar, convencer e contratar os melhores profissionais, nem sempre a relação entre eles e a empresa dá certo. Sendo assim, invista em ações também durante as entrevistas e avaliações, pois muitos profissionais desistem de trabalhar na organização após esses processos.

O modo como o recrutador conduz o processo também impacta na percepção do candidato. O jornalista Márcio C., 32 anos, desistiu de trabalhar em uma importante empresa de mídia em São Paulo/SP, depois que participou de uma entrevista. Ele nos contou que o seu primeiro contato com a empresa se deu pela gestora da área, e não pelo RH.

“Ela foi extremamente ríspida. Disse que eu não tinha perfil para a vaga e ainda criticou bastante o meu currículo. Mesmo assim, me aplicou um teste.”, conta Márcio. Dias depois, o RH ligou para convidá-lo a continuar no processo seletivo. “Passei, mas desisti depois de imaginar como seria o meu futuro com aquela profissional me liderando.”.

Descontente com o posicionamento do candidato, a analista de RH que daria continuidade ao processo transferiu o caso para a sua gerência. Por telefone, a gerente de RH questionou o fato de ele ter se candidatado e depois desistido da vaga, mesmo passando no teste. Quando soube o que ocorreu, lamentou.

“Eu fiquei com uma péssima impressão da empresa e até hoje não a recomendo para os meus colegas de profissão.”, conclui. Muitas vezes, a credibilidade de uma empresa é afetada pela má impressão causada no processo seletivo. Isso faz com que os candidatos deixem, inclusive, de consumir os produtos e serviços vendidos pela companhia. É o tipo de reação negativa em cadeia que nenhuma organização deseja.

Para que a sua empresa consiga atrair os melhores candidatos, é fundamental que você, que atua na gestão de RH, entenda o que desperta o desejo dos profissionais. Nesse contexto, a promoção de valores, oportunidades e cultura organizacional ajuda o candidato a ter uma visão de como ele se encaixa na organização.

Assine a nossa newsletter e receba, em seu e-mail, outras orientações sobre como atrair os melhores candidatos para a sua empresa.

Sobre o autor

Marcelo Braga

Marcelo Braga

Fundador e Diretor Executivo da REACHR. Headhunter desde 2000 (Sócio Fundador da SEARCH, Ex-Sócio Sênior da FESA e Ex-Consultor Michael Page). Anteriormente na indústria automotiva (General Motors e Plascar). Engenheiro Químico – Unicamp e Pós-graduado em Administração de Empresa pela FGV.

Deixar comentário.

error: Content is protected !!
Navegação